. . .

domingo, janeiro 07, 2018

Black Mirror: sobre a 4ª temporada (análise, criticas dos episódios, tudo!)


Gente, o que foi essa quarta temporada?? dividiu tantas opiniões, muita gente odiou, outras... outras gostaram... teve episódios com duplos entendimentos, finais em aberto, criticas pesadas, teve gente que não sabia diferenciar porquinho-da-índia e hamster, gente que não entendeu nada em um certo episodio... Teve tudo! temos que falar sobre!

 USS Callister 


Primeiramente, falemos sobre o primeiro episódio, cara, que maravilhoso que foi "USS calisster"! teve gente que não gostou (bem poucas) eu particularmente amei ele, todo aquele cenário foi lindo! até achei meio diferente, todo aquele lance de espaço sideral, nem parecia que eu tava assistindo Black Mirror (a ironia é só ao episodio hem).

A crítica do episódio aos fakes de internet foi bem legal também; pessoas oprimidas que se deixam ser pisadas na vida offline, e ao invés de se imporem contra isso, criam perfis falsos pra pagarem de fodões na internet, e assim disfarçar a si mesmo a situação na qual se encontram na vida aqui fora... Isso acontece bastante hoje em dia, e por bastante eu digo muito mesmo, tem muita gente fracassada por aí propagando discurso de ódio sem, claro, a coragem de dar a cara a tapa. Jamais se prestem a isso, sério, como o caso do Robert(o capitão lá), é humilhante!

 Arkangel 


Com certeza esse aqui deve ter sido o menos preferido da galera, foi tão... sei lá! a gente se deparou com uma relação abusiva de superproteção de uma mãe com uma filha, grande coisa, acontece todo dia... E diante aquele decorrer "nada de mais" ficamos esperando um final que compensasse aquilo, mas não teve! E eu até achei estranho quando vi algumas pessoas no Tv Time (uma rede social pra seriadores, pra quem não sabe o que é, falo sobre ela aqui) tentando dar um ar a mais naquele desfecho dizendo que "Ah, vocês viram que ela bateu na mãe, sem dó, porque ela não desenvolveu esse sentimento, pois o filtro impediu isso?" gente, o filtro foi desativado ainda quando ela era criança, ela já era uma adolescente quando ficou puta com a mãe... é muito tempo pra "Ah, eu não tive como saber que bater em alguém não é legal, ainda sou um bb que não leva em conta os sentimentos pelas pessoas, é tudo culpa do sistema"

A unica coisa que me abalou nesse episódio foi a transição das cenas do cachorro crescendo conforme a menina crescia, e depois, quando ela já tava maior, foi mostrado só a área sem o cachorro... pegaram pesado hein? cachorros não podem morrer nos filmes e nem em séries, é regra!!

 Crocodile 


Assim que começou eu pensei "Opaa, entendi a referencia hein, já até sei como o episódio vai ser" mas claramente não era verão. Eu gostei dele, tinha todo um clima bem diferente do que geralmente era passado na série, mas foi legal todo aquele decorrer, e com aquela música interligando todos os momentos então...
Eu fiquei assustado com a psicopatez daquela mulher, não imaginava que ela conseguiria fazer todos aqueles assassinatos, quando chegava o momento sempre achava que ela não ia dá conta e ia parar de matar... E olha até quem ela chegou!
E aquela cena no final gente? o filho dela cantando aquela música que condizia totalmente com a situação dela... a policia vindo atrás dela, enquanto ela começava a cair em lágrimas... Confesso que deu até um pouco de dó nessa cena, mas não podemos esquecer o nome do episódio né?!
Eu meio que achei engraçado ela ter matado tanta gente pra se safar, e acabar sendo pega por conta de um porquinho-da-índia. E essa ligação ao inicio do episódio, foi bem legal né?!

 Hang the DJ 


Meu deus, eu amei muito esse! fiquei o tempo todo torcendo pelo casal, e também com medo do serviço, porque a encarada que aqueles homens de preto davam ao Frank as vezes, já me davam uma má impressão do que seria aquilo de fato. E os personagens são muito shippaveis, sério, era impossível não querer que eles ficassem juntos o tempo todo. E no final, eles se rebelando, desafiando o sistema, caindo fora do lugar, subindo o muro juntos... aquilo foi lindo! e a sacada que a gente teve no final foi bem legal também, eu não imaginava que se trava de um aplicativo, na verdade eu temia o tempo todo por algo bem ruim atrás do muro.
Teve uma parte em que o Frank falava sobre a possibilidade de ter alguém controlando tudo... Ainda bem que eu tava muito ocupado shippando eles, porque tinha tudo pra eu inventar teorias bem loucas sobre o episódio; tecnologia, sexo o tempo todo, possibilidade de algo como uma Matrix, proibição de caírem fora dali... teria imaginado tudo, menos um Tinder versão Black Mirror.
A galera gostou bastante desse, teve até gente achando melhor que San Junipero... Só sei que super apoio colocarem um episódio romântico em todas as temporadas que vierem!

 Metalhead 


Ah, esse com certeza foi o mais comentado da série, teve gente que odiou, outros que não entenderam p**** nenhuma, uns que gostaram da mensagem que a série quis passar (segundo a teoria deles), e teve até gente que amou, achando um dos melhores da 4° temporada. A grande maioria com certeza ficou perdida assistindo esse episódio, eu mesmo fui levado ao ritmo dele, e só fui ter um entendimento quando fui ler as opiniões e teorias de outras pessoas, porque se dependesse daquele final...
Mas isso não quer dizer que eu tenha achado o episódio ruim, eu gostei bastante de toda aquela tensão, gostei dele ser em preto e branco, ~e ainda bem que foi né, pra dá uma aliviada naquelas cenas de horror que teve,e claro, em toda tensão. Os detalhes, como quando a personagem ia atirar e davam todo aquele zoom na cena, ou o próprio cenário meio faroeste também; fizeram a gente dá uma imersão bem legal no episódio, fazendo parecer que estávamos assistindo a um filme antigo, mesmo tendo um cachorro robô perambulando em todo o episódio (que aliás, segundo as teorias, teria eles dominado o mundo, ou pelo menos, uma parte dele; e aquilo seria um cenário pós apocalíptico. Imaginem quando isso começou?! O mundo em caos, militares perdendo a cabeça... Deve ter sido uma cachorrada só)

Brincadeiras a parte, o episódio só acaba sendo bom se você olhar por esse angulo e desconsiderar aquele final péssimo... que aproposito, quanto mais as pessoas tentam explicar ele, mais fica ruim.

 Black Museum 


Finalmente chegamos ao ultimo episódio, esse com certeza foi o mais aceito pela maioria dos fãs da série. E por ser aceito, eu me refiro a ele condizer ao tão bom estilo clássico de episódios da série, que te prende durante todo o episódio, e no final, o desfecho te deixa boquiaberto... Claro, normalmente, te ferra a cabeça também... Mas, como eu disse, a maioria dos fãs exigentes se contentaram com esse, que segundo eles, é o episódio que chega mais perto de ser " isso é tão Black Mirror..." da temporada.
E não é pra menos, achei bem legal ele, o estilo do episódio, aquelas críticas ao racismo, sadismo, falso moralismo (que meu Deus né gente, ainda vão existir por tanto tempo assim?!) todas aquelas historias foram bem tensas... Principalmente a primeira, eu já sabia que em algum momento aquela historia ia dar merda, mesmo antes da menina indagar isso, mas mesmo assim, foi bem loco. Já a segunda foi tão mórbida e bizarra hem? adorei. E a terceira com certeza foi a mais pesada que ele contou, fiquei impressionado com o nível de crueldade dele. E aquele plot que veio depois... eu realmente não esperava, fiquei tão ligado nas historias que nem percebi os sinais que o episódio deu, exceto quando ela começou a se emocionar ouvindo a ultima história, ~não sei se isso conta, mas... é, eu notei. ;)

 Ao infinity e além... 


Eu particularmente, desde o início - mesmo amando o primeiro episódio - já estranhei um pouco. E os episódios seguintes foram alguns fracos, outros bons, que eu gostei bastante, mas não lembrava Black Mirror, sabe? Ficou parecendo que eles quiseram se reinventar nessa temporada, e eu acho isso bem plausível, já que uma hora ou outra seria bem difícil imaginar um futuro de muito tempo a frente, que já não tivesse sido falado na série... Vocês perceberam que a maioria das tecnologias já foram abordadas na série não é? acho que eles quiseram se aprofundar nisso, abordar elas de outras formas, e acho que a série vai continuar indo por esse caminho daqui pra frente; ao menos paralelamente às eventuais boas novas ideias de episodio (se é que eles vão ter).
Teve quem ficou insatisfeito, talvez por ter exagerado nas expectativas né? o que não é pra menos, já que estamos falando de Black Mirror. E teve também quem amou e não viu nenhum problema... Mas e você? o que achou? deveriam ter dado mais tempo pra ideias melhores fluírem, ou as que tiveram já foram de bom tamanho?

0 comentários:

Postar um comentário